AgroB Business School EV | VER CURSOS AQUI

Escolher Edição:

Cultura de Prados, Pastagens e Forragens

200,00

Courses
    200,00
    mais informações
    Categoria:
    • Enquadramento

    • Requisitos

    • Programa

    • Corpo pedagógico

    Descrição

    Adquira competências e conhecimentos inerentes à instalação, manutenção e colheita na Cultura de Prados, Pastagens e Forragens. Este curso é constituído por 50 horas (38 horas assíncronas e 12 horas síncronas), desenvolvido totalmente à distância, com aulas online com o formador Prof. Jaime Pires e o formador convidado Prof. Carlos Aguiar, e com base nos conteúdos da UFCD 7602 de nível 4 (do ref. 621312 Técnico de Produção Agropecuária). Enquadra-se na  formação complementar definida pelo PDR.

     

    Certificação e Acreditação

    Parcerias

    Destinatários

    • Jovens Agricultores com projetos aprovados ou por submeter;
    • Empresários agrícolas nos primeiros anos de atividade;
    • Técnicos superiores com formação nas áreas de Agronomia, Zootecnia, Biologia, Bioquímica ou Agroalimentar;
    • Estudantes nas áreas de Agronomia, Zootecnia, Biologia, Bioquímica ou Agroalimentar;
    • Profissionais de cursos técnicos superiores (nível 5) em áreas das ciências da vida e da terra.

     

    Objetivos Específicos

    • Conhecer a importância económica da cultura e as regiões de maior produção;
    • Identificar a morfologia, o ciclo cultural e vegetativo e os diferentes estados de desenvolvimento da cultura;
    • Identificar as principais variedades de interesse;
    • Identificar os principais aspetos a ter em conta na instalação e manutenção da cultura;
    • Identificar as técnicas de produção e de fim de campanha, os inimigos da cultura e os meios de luta a utilizar;
    • Enumerar os procedimentos a executar nas operações de colheita e pós-colheita.

     

    Metodologia de Ensino

    A metodologia de ensino tem como base a exposição teórica com recurso a suporte audiovisual, através de apresentações, vídeos, aulas em videoconferência, textos de apoio e/ou manuais, entre outros documentos.

    O formando poderá estudar e realizar as avaliações ao seu próprio ritmo e nos momentos que lhe sejam mais convenientes, respeitando a duração de cada módulo e os prazos estipulados.

     

    Metodologia de Avaliação

    Para concluir o curso, o formando deverá atingir os objetivos pedagógicos com aproveitamento e nos prazos estipulados para o efeito. A avaliação é composta por:

    • Assiduidade mínima obrigatória a 90% da duração das sessões síncronas;
    • Participação nas sessões síncronas (20%);
    • Avaliação contínua modular (30%);
    • Execução de atividades, tarefas ou exercícios (20%);
    • Avaliação final (30%).

     

    Vantagens deste Curso

    • Formação certificada DGERT com emissão de certificado através do SIGO;
    • Partilhe as suas experiências numa rede de networking com especialistas e empresários da área agrícola;
    • Adquira conhecimentos de forma flexível, sem necessidade de deslocações e com conteúdos disponíveis 24h/dia, através de uma plataforma de ensino à distância de simples utilização;
    • Acesso à plataforma de ensino através da aplicação Moodle App no Google Play e Apple App Store;
    • Acesso vitalício aos materiais pedagógicos da formação, mediante download dos mesmos;
    • Esclareça as suas dúvidas através de um sistema de tutoria ativa.

    Condições de acesso

    • Habitações mínimas de acesso: 9º ano;
    • A candidatura só é válida após o pagamento da inscrição e o envio dos documentos necessários para a candidatura.

     

    Documentação necessária para a candidatura

    • Certificado de habilitações;
    • Ficha de inscrição;
    • Questionário motivacional.

     

    Certificado de conclusão

    Os formandos que atinjam os objetivos pedagógicos definidos no campo Avaliação para a conclusão com aproveitamento do curso de formação que frequentaram, obterão dois certificados de conclusão:

    • O certificado de conclusão emitido pela AgroB, em formato digital, sendo disponibilizado na plataforma Moodle para download;
    • O certificado de formação profissional emitido pela plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa), em conformidade com a Portaria nº 474/2010, de 8 de julho: este certificado é emitido em formato de papel, podendo ser posteriormente levantando nas instalações da AgroB ou enviado via CTT para a morada de inscrição do formando ou outra a definir (sob o pagamento da taxa de 10,00 € relativa a portes de envio).

     

    Outras Informações

    1. Na eventualidade de não atingir o número mínimo de participantes, a ação de formação poderá sofrer alteração de datas ou ser cancelada, ficando salvaguardada a devolução de todas as importâncias recebidas pela AgroB Business School EV. A AgroB Business School EV reserva-se no direito de adiar o início de qualquer formação até 48 horas antes da data prevista inicialmente, assim como de alterar o programa, os formadores, o local de execução, a duração e as datas relativas à formação em causa, obrigando-se, contudo, a comunicar qualquer alteração ao formando.
    2. Em caso de desistência, só haverá lugar à devolução dos valores pagos se a mesma for comunicada até 14 dias após a contratação da formação. Caso a desistência ocorra após o período de 14 dias da contratação da formação ou após o acesso aos conteúdos do curso, a AgroB Business School EV não é obrigada a devolver qualquer montante, de acordo com o previsto no DL n.º 24/2014, de 14 de fevereiro.
    3. Em caso de desistência efetuada após o prazo referido no ponto 2, e até 10 dias antes da data agendada para o início da formação, será aceite, implicando, contudo, a retenção de 50% do valor total da formação, a título compensatório pelas despesas efetuadas e prejuízos sofridos pela AgroB Business School EV.

    Cultura de Prados, Pastagens e Forragens

    1. Introdução à cultura de prados, pastagens e forragens

    1.1.  Importância económica e social;

    1.2.  Regiões de maior produção;

    1.3.  Importância ambiental;

    1.4.  Tipos de culturas pratenses e forrageiras;

    1.5.  Principais espécies pratenses e forrageiras e exigências edafoclimáticas.

     

    2. Variedades

    2.1.  Catálogo Nacional de Variedades;

    2.2.  Certificação das sementes;

    2.3.  Critérios de escolha de espécies, variedades e consociações.

     

    3. Sistemas e instalação de culturas de prados, pastagens e forragens

    3.1.  Pastagens naturais e de montanha: importância agroambiental, melhoramento e introdução de novas espécies;

    3.2.  Sistemas culturais;

    3.3.  Instalação das culturas pratenses e forrageiras: preparação e fertilização, sementeira, rega, drenagem e erosão.

     

    4. Características biológicas

    4.1.  Características morfológicas, fisiológicas e agronómicas;

    4.2.  Ciclos de vida, vegetativos e produtivos;

    4.3.  Composição química das plantas, composição morfológica e principais tecidos;

    4.4.  Evolução da produção, composição morfológica e valor nutritivo (PB, Fibra, Digestibilidade e Energia) ao longo do seu desenvolvimento e determinação dos melhores períodos para pastagem.

     

    5. Proteção integrada e MPB da cultura de prados, pastagens e forragens

    5.1.  Pragas, doenças e infestantes;

    5.2.  Estimativa de risco e nível económico de ataque;

    5.3.  Produtos fitofarmacêuticos (PF) e substâncias ativas permitidos, enquadramento legislativo, seleção, armazenamento, aplicação e equipamentos de segurança individual;

    5.4.  Meios de luta e operações de proteção da cultura;

    5.5.  Proteção integrada: principais auxiliares e efeitos secundários dos PF;

    5.6.  Proteção biológica das culturas;

    5.7.  Caderno de campo.

     

    6. Maneio das culturas, do produto final e boas práticas

    6.1.  Manutenção e condução das pastagens e forragens: correção de adubação de manutenção, rega;

    6.2.  Maneio e utilização das pastagens e forragens: encabeçamento e densidade animal, produções;

    6.3.  Colheita e conservação de forragens: consumo em verde, feno e silagem;

    6.4.  Sistemas de produção pecuária: programação, organização e orientação das operações e tarefas nas diferentes fases culturais;

    6.5.  Boas práticas de segurança, higiene e saúde no trabalho agrícola.

    Informações gerais

    Data de Início
    31/10/2022
    Duração
    50 horas

    Turma de Cultura de Prados, Pastagens e Forragens

    Testemunho de formandos

    O curso Cultura de Prados, Pastagens e Forragens foi muito completo e ajudou-me a perceber muito mais do seu contexto em vários pontos.

    António Neves

    Cultura de Prados, Pastagens e Forragens

    Descrição

    Spread the love

    Adquira conhecimentos para executar as operações inerentes à Cultura de Prados, Pastagens e Forragens, desde a instalação à pós-colheita, com vista à aplicação nos sistemas de produção animal (pecuária). Formação complementar definida pelo PDR2020 (UFCD 7602), elegível para candidaturas a projetos Jovem Agricultor.

    Avaliações

    Ainda não existem avaliações.

    Seja o primeiro a avaliar “Cultura de Prados, Pastagens e Forragens”

    Também pode gostar…

    x

    x

    Disponível por encomenda
    Esgotado

    x