10.2.1.6 – Renovação de aldeias – ADERES

Disponível Até: 25/06/2021

Medida de Apoio
10.2.1.6  | Renovação de aldeias |  PDR2020  | Gal ADERES

Intervenções a Apoiar
– Recuperação e beneficiação do património local, paisagístico e ambiental de interesse coletivo e seu apetrechamento, sinalética de itinerários paisagísticos , ambientais e agroturísticos e elaboração e divulgação de material documental relativo ao património alvo de intervenção, incluindo ações de sensibilização, produção e edição de publicações ou registos videográficos e fonográficos com conteúdos relativos ao património imaterial e outros investimentos relativos ao património imaterial

Objetivos
– Preservar, conservar e valorizar os elementos patrimoniais locais, paisagísticos e ambientais, bem como dos elementos que constituem o património imaterial de natureza cultural e social dos territórios

Nível de Investimento
Entre 5.000 € e 200.000 €

Limite e Taxa de Apoio
– A fundo perdido até ao limite máximo de 200.000 € de apoio por beneficiário, durante o período de programação
– Nível de apoio de 80% do investimento elegível

Área Geográfica
– Todas as freguesias da Aldeia de São Francisco de Assis, Cortes do Meio, Erada, Paul, São Jorge da Beira,  Sobral de São Miguel, Unhais da Serra, União das freguesias de Barco e Coutada, União das freguesias de Casegas e Ourondo, União das freguesias de Peso e Vales do Rio, Barroca, Bogas de Cima, Lavacolhos, Silvares, União das freguesias de Janeiro de Cima e Bogas de Baixo

Despesas Elegíveis
– Estudos e elaboração do projeto
– Obras de recuperação e beneficiação e seu apetrechamento, incluindo obras e equipamentos associados à preservação de património imaterial
– Sinalética de itinerários paisagísticos, ambientais e agroturísticos
– Elaboração e divulgação de material documental relativo ao património alvo de intervenção
– Outro tipo de despesas associadas a investimentos imateriais: software aplicacional e projetos de arquitetura e de engenharia associados ao investimento
– Produção e edição de publicações ou registos videográficos e fonográficos com conteúdos relativos ao património imaterial
– Outros investimentos relativos ao património imaterial, nomeadamente aquisição de trajes, estudos de inventariação do património rural, bem como do «saber -fazer» antigo dos artesãos, das artes tradicionais, da literatura oral e de levantamento de expressões culturais tradicionais imateriais individuais e coletivas

Beneficiários
– Pessoas singulares ou coletivas de direito privado
– Autarquias locais e suas associações
– Outras pessoas coletivas públicas
– GAL ou as EG, no caso dos GAL sem personalidade jurídica

Para obter apoio nesta matéria, entre em contacto connosco através do preenchimento do formulário abaixo.