Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (SI ID&T): Projetos em Copromoção - Parcerias Internacionais

Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (SI ID&T): Projetos em Copromoção - Parcerias Internacionais

Promovida pelo Portugal 2020, a Prioridade de Investimento 1.2 tem previsto o objetivo específico de aumentar o investimento empresarial em I&I, de forma a promover o aumento das atividades económicas intensivas em conhecimento e a criação de valor baseado na inovação.­

Em 2006, o Governo de Portugal, através da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, e com o apoio do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, criou as Parcerias Internacionais com o Massachusetts Institute of Technology (MIT), a Carnegie Mellon University (CMU) e a University of Texas at Austin (UTA), com o objetivo de promover a internacionalização das universidades, centros de investigação e empresas portuguesas, tirando partido da experiência e da cultura organizacional das universidades dos Estados Unidos da América.

Estas parcerias criaram novas oportunidades de integração em redes temáticas de investigação e inovação de classe mundial, estimulando uma cultura de empreendedorismo altamente qualificado nas universidades portuguesas e criando um ecossistema de apoio a atividades de I&D por parte das empresas nacionais, em estreita articulação com a academia.

Pretende-se também que estes projetos ajudem a consolidar a iniciativa intergovernamental “Atlantic Interactions”, a qual promove investigação envolvendo cooperação transatlântica em engenharia de sistemas complexos, envolvendo uma abordagem integradora do espaço com relevância para a observação da terra, para as ciências das alterações climáticas e energia, para a interação com o oceano, fazendo uso de métodos emergentes de ciência de dados.

Os projetos a candidatar ao Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (SI ID&T): Projetos em Copromoção - Parcerias Internacionais devem ser exclusivamente realizados na modalidade de copromoção, devendo ser liderados por empresas nacionais e realizados em parceria entre empresas e entre estas e entidades não empresariais do Sistema de I&I, compreendendo atividades de investigação industrial e de desenvolvimento experimental, conducentes à criação de novos produtos e serviços, processos ou sistemas ou à introdução de melhorias significativas em produtos, serviços, processos ou sistemas existentes.

 

Os projetos a candidatar ao abrigo do Programa MIT-Portugal devem demonstrar o seu contributo para consolidar a iniciativa intergovernamental “Atlantic Interactions”, bem como para os Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável da ONU, integrando uma abordagem de ciência de dados e abranger um ou mais dos seguintes tópicos que abordem problemas que sejam relevantes para a indústria:

 - Clima e Alterações Climáticas;

 - Sistemas Terrestres - Dos Oceanos para o Espaço;

 - Transformação Digital na indústria;

 - Cidades Sustentáveis.

 

Os projetos a candidatar ao abrigo do Programa UTA-Portugal devem demonstrar o seu contributo para consolidar a iniciativa intergovernamental “Atlantic Interactions” e abranger um ou mais dos seguintes tópicos que abordem problemas que sejam relevantes para a indústria:

 - Interações Espaço-Terra;

 - Física Médica para Terapias Emergentes;

 - Computação Avançada, Computação Quântica, Análise de Dados e Visualização;

 - Nano Materiais para Novos Mercados.

 

Os projetos a candidatar ao abrigo do Programa CMU-Portugal devem demonstrar o seu contributo para consolidar a iniciativa intergovernamental “Atlantic Interactions” e abranger um ou mais dos seguintes tópicos que abordem problemas que sejam relevantes para a indústria:

 - Ciência e Engenharia de Dados;

 - Inteligência Artificial e Aprendizagem Automática;

 - Mobilidade e Autonomia;

 - Design e Engenharia aplicados a problemas sociais complexos.

 

Esta operação destina-se a todas as regiões NUTS II do Continente (Norte, Centro, Lisboa, Alentejo e Algarve), sendo os beneficiários empresas de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica, enquanto beneficiário líder das operações, ou entidades não empresariais do Sistema de I&I. O prazo para a apresentação de candidaturas decorre entre 13 de março e 31 de maio de 2019.

De forma a conhecer melhor esta medida, aceda aqui ao anúncio de abertura.

Para obter apoio nesta matéria, deixe-nos os seus dados através do formulário abaixo, ou entre em contacto connosco através do endereço de e-mail dep.comercial@espaco-visual.pt ou através dos contactos telefónicos 224509047 / 917075852 / 924433183.