Investimento na Exploração Agrícola (Setores da Horticultura, Floricultura e PAM) | Operação 3.2.1

Investimento na Exploração Agrícola (Setores da Horticultura, Floricultura e PAM) | Operação 3.2.1

O tempo é curto! De 8 de julho a 2 de agosto de 2019, a Operação 3.2.1 e o seu Investimento na Exploração Agrícola estão de regresso para os Setores da Horticultura, Floricultura e PAM.

A operação dedica-se a uma larga franja de investidores, que poderão apostar na Cultura de Especiarias, Plantas Aromáticas e Medicinais, na Cultura de Pequenos Frutos e Bagas, na Cultura de Produtos Hortícolas, Raízes e Tubérculos, na Floricultura e Cultura de Plantas Ornamentais, em Viveiros, e em Outras Culturas Permanentes.

As candidaturas a esta medida devem reforçar a viabilidade das explorações agrícolas (promovendo a inovação, a formação, a capacitação organizacional e o redimensionamento das empresas), preservar e melhorar o ambiente (assegurando a compatibilidade dos investimentos com as normas ambientais e de higiene e segurança no trabalho), e apoiar os setores da horticultura, floricultura e PAM.

Com uma dotação orçamental de 7 milhões e 500 mil € para estes setores, a operação destina-se a todo o território de Portugal Continental, e a projetos com investimento acima de 25 mil €. Os apoios são concedidos sob a forma de subsídio não reembolsável para os investimentos elegíveis até 700 mil € por beneficiário, e de subvenção reembolsável no que exceder aquele montante (até um valor máximo de 5 milhões € de investimento elegível por beneficiário).

De forma a conhecer melhor esta medida, aceda aqui às várias portarias (n.º 230/2014, n.º 303-A/2016, n.º 249/2016 e n.º 301-B/2016), à OTE n.º 98/2019, e ao anúncio de abertura desta medida.

Para obter apoio nesta matéria, deixe-nos os seus dados através do formulário abaixo, ou entre em contacto connosco através do endereço de e-mail dep.comercial@espaco-visual.pt ou através dos contactos telefónicos 224509047 / 917075852 / 911768809.