Escolha Entre as 10 Finalistas e Vote na Árvore do Ano

Escolha Entre as 10 Finalistas e Vote na Árvore do Ano

Todos os anos, a votação para a Árvore Europeia do Ano é organizada pela Environmental Partnership Association (EPA). O concurso surgiu no ano de 2011 e foi inspirado no popular concurso checo Árvore do Ano, organizado pela Czech Environmental Partnership Foundation. Desde então, o número de países envolvidos no concurso cresceu de 5 para 13. O concurso europeu é uma final constituída pelos vencedores dos diferentes concursos nacionais.

O propósito da Árvore Europeia do Ano é destacar a importância das árvores antigas na herança cultural e natural, que merece toda a nossa atenção e proteção. Ao contrário de outros concursos, esta competição não se foca apenas na beleza, no tamanho ou na idade da árvore, mas sim na sua história e relações com as pessoas, procurando-se árvores que se tenham tornado parte de uma comunidade maior.

Depois de no ano passado Portugal ter conseguido vencer o prémio Árvore Europeia do Ano 2018 (com o Sobreiro Assobiador, de Águas de Moura, no Alentejo), este ano existem já 10 árvores em votação até às 23h59 do dia 20 de novembro. A árvore com mais votos irá representar Portugal no concurso europeu Tree of the Year 2019.

 

Escolha a sua preferida:

- a Aroeira "A Fazedora de Chuva", de Valongo (Avis);

- a Azinheira Secular do Monte do Barbeiro, de Alcaria Ruiva (Mértola);

- o Carvalho de Calvos, de Bouça da Tojeira (Póvoa de Lanhoso);

- o Dragoeiro, de Lisboa;

- o Nosso Sobreiro, de Abela (Santiago do Cacém);

- a Oliveira do Mouchão, de Mouriscas (Abrantes);

- o Plátano do Rossio, de Portalegre;

- o Quercus do ISA, de Lisboa;

- a Tuia-gigante, de Sintra;

- e o Zambujeiro Milenar, de Foros de Vale de Figueira (Montemor-o-Novo).