Cadeias Curtas e Mercados Locais | Distritos de Lisboa, Leiria e Santarém | Medida 10.2.1.4

Cadeias Curtas e Mercados Locais | Distritos de Lisboa, Leiria e Santarém | Medida 10.2.1.4

A comercialização de produtos agrícolas e transformados de proximidade é estratégico para a dinamização da produção local e das suas regiões. Assim, com a medida Medida 10.2.1.4 | Cadeias Curtas e Mercados Locais pretende-se dinamizar a criação de circuitos curtos / cadeias curtas de distribuição / comercialização de proximidade, promovendo o contacto direto entre o produtor e o consumidor e incentivando práticas culturais menos intensivas e ambientalmente sustentáveis.

A medida refere-se à área geográfica elegível da totalidade e/ou parte dos concelhos da Marinha GrandePorto de MósPenicheBombarralCaldas da RainhaAlcobaçaNazaré e Óbidos (todos pertencentes ao distrito de Leiria), CadavalTorres VedrasLourinhãAzambujaVila Franca de XiraAlvercaLouresMafraAlenquerArruda dos Vinhos, e Sobral de Monte Agraço (todos pertencentes ao distrito de Lisboa), e Rio Maior (pertencente ao distrito de Santarém). Esta medida tem candidatura aberta até 12 de outubro de 2018.

Entre as despesas financiadas, a medida conta com estudos e projetos, consultoria para apoio técnico aos agricultores, aquisição de equipamentos para preparação, embalagem e acondicionamento de produtos, bancas de venda e sinalética, aquisição ou adaptação de viaturas, conceção e produção de embalagens, rótulos e logótipos, planos de comercialização, ações e materiais de promoção, equipamento informático, software, plataformas eletrónicas e websites, e a construção ou obras de adaptação ou modernização de edifícios.

Promovida pela LEADEROESTE - Associação para o Desenvolvimento Rural, e com uma taxa de apoio de 50%, a medida destina-se a parcerias com pelo menos 3 produtores agrícolas (singulares ou coletivos), autarquias locais (apenas para mercados locais), associações constituídas por produtores agrícolas (incluindo os APs ou OPs), as GAL ou as Entidades Gestoras, e as associações cujo objeto social consista no desenvolvimento local.

De forma a conhecer melhor esta medida, aceda aqui à portaria n.º 152/2016, à OTE n.º 47/2016, e aos dois anúncios de abertura desta medida: Alto Oeste e Baixo Oeste.

Para obter apoio nesta matéria, deixe-nos os seus dados através do formulário abaixo, ou entre em contacto connosco através do endereço de e-mail dep.comercial@espaco-visual.pt ou através dos contactos telefónicos 224509047 / 917075852 / 924433183.