Cadeias Curtas e Mercados Locais | Distrito de Lisboa | Medida 10.2.1.4

Cadeias Curtas e Mercados Locais | Distrito de Lisboa | Medida 10.2.1.4

A Medida 10.2.1.4 | Cadeias Curtas e Mercados Locais pretende promover o contacto direto entre o produtor e o consumidor, contribuindo para o escoamento da produção local, a preservação dos produtos e especialidades locais, a diminuição do desperdício alimentar, a melhoria da dieta alimentar através do acesso a produtos da época, frescos e de qualidade, bem como fomentando a confiança entre produtos e consumidor.

A operação pretende, também, incentivar práticas culturais menos intensivas e ambientalmente sustentáveis, contribuindo para a diminuição da emissão de gases efeito de estufa, através da redução de custos de armazenamento, refrigeração e transporte dos produtos até aos centros de distribuição.

A medida refere-se à área geográfica elegível de parte dos concelhos de Loures, Mafra e Sintra (todos pertencentes ao distrito de Lisboa), e, no caso da componente de Cadeias Curtas, podendo abranger as restantes freguesias dos mesmos concelhos, juntamente com os concelhos limítrofes da Amadora, Arruda dos Vinhos, Cascais, Lisboa, Odivelas, Oeiras, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira (exceto quando respeitem a pontos de venda que se traduzem em estruturas fixas). O prazo de candidatura a esta medida estende-se até 17 de janeiro de 2020, estando em aberto quase dois meses.

 

Entre as intervenções a apoiar, incluem-se:

a) armazenamento, transporte e aquisição de pequenas estruturas de venda;

b) ações de sensibilização e educação para consumidores ou outro público-alvo;

c) desenvolvimento de plataformas eletrónicas e materiais promocionais;

d) ações de promoção e sensibilização para a comercialização de proximidade, que permitam escoar e valorizar a produção local;

e) deslocações dos produtores aos mercados locais;

f) criação ou modernização de infraestruturas existentes de mercados locais.

 

Promovida pela A2S - Associação para o Desenvolvimento Sustentável da Região Saloia, esta medida conta com uma taxa de apoio de 50% do investimento material elegível e de 80% do investimento imaterial elegível.

De forma a conhecer melhor esta medida, aceda aqui à portaria n.º 152/2016, à OTE n.º 47/2016 e aos anúncios de abertura (componentes de Cadeias Curtas e de Mercados Locais) desta operação.

Para obter apoio nesta matéria, deixe-nos os seus dados através do formulário abaixo, ou entre em contacto connosco através do endereço de e-mail dep.comercial@espaco-visual.pt ou através dos contactos telefónicos 224509047 / 917075852 / 911768809.