Cadeias Curtas e Mercados Locais | Distrito de Faro

Cadeias Curtas e Mercados Locais | Distrito de Faro

Medida de Apoio

10.2.1.4 | Cadeias Curtas e Mercados Locais | PDR2020 | Associação In Loco

 

Datas de Candidatura

• Entre 6 de janeiro e 6 de abril de 2020

 

Nível de Investimento

• Entre 5.000 € e 50.000 €, na componente «Cadeias Curtas»

• Entre 5.000 € e 100.000 €, na componente «Mercados Locais»

 

Taxa de Apoio

A fundo perdido, até ao limite máximo de 200.000 €

Nível de apoio de 50% do investimento material elegível, e de 80% do investimento imaterial elegível

 

Área Geográfica

• Totalidade do concelho de São Brás de Alportel, e parte dos concelhos de Albufeira, Faro, Loulé, Olhão, Silves e Tavira (todos pertencentes ao distrito de Faro)

• Na componente «Cadeias Curtas», a área geográfica pode abranger concelhos e freguesias limítrofes, exceto quando respeitem a pontos de venda coletivos que se traduzem em estruturas fixas (aceder a anúncios de abertura para maior detalhe)

 

Despesas Elegíveis

Estudos e projetos necessários para a criação de cadeias curtas, desde que realizadas até seis meses antes da data de apresentação da candidatura, até ao limite de 5 % da despesa elegível total aprovada da operação

Consultoria em áreas específicas para apoio técnico aos agricultores no âmbito de uma cadeia curta

Aquisição de equipamentos para preparação, embalagem e acondicionamento de produtos

Aquisição de equipamentos para a comercialização dos produtos, como sejam bancas de venda e sinalética

Aquisição ou adaptação de viatura indispensável à atividade objeto de financiamento

Conceção e produção de embalagens, rótulos e logótipos

Planos de comercialização, ações e materiais de promoção

Equipamento informático e software standard e específico, incluindo o desenvolvimento de plataformas eletrónicas de comercialização e websites

Construção ou obras de adaptação ou modernização de edifícios;

Outras despesas intangíveis diretamente associadas a atividades comerciais.

 

Beneficiários

GAL ou as Entidades Gestoras (no caso de GAL sem personalidade jurídica)

Associações cujo objeto social consista no desenvolvimento local

Associações constituídas por produtores agrícolas, incluindo os agrupamentos ou organizações de produtores reconhecidos

Parcerias constituídas por pessoas singulares ou coletivas, que integrem, no mínimo, três produtores agrícolas

Autarquias locais (apenas quanto à componente de «Mercados Locais»)

 

Intervenções a Apoiar

• Armazenamento, transporte e aquisição de pequenas estruturas de vendas

• Desenvolvimento de plataformas eletrónicas e materiais promocionais

• Ações de promoção e sensibilização para a comercialização de proximidade que permitam escoar e valorizar a produção local

• Ações de sensibilização e educação para consumidores ou outro público-alvo (apenas na componente de «Cadeias Curtas»)

• Deslocações dos produtores aos mercados locais (apenas na componente de «Cadeias Curtas»)

• Criação ou modernização de infraestruturas existentes de mercados locais (apenas na componente de «Mercados Locais»)

 

Objetivos

Promover o contacto direto entre o produtor e o consumidor, contribuindo para o escoamento da produção local, a preservação dos produtos e especialidades locais, a diminuição do desperdício alimentar, a melhoria da dieta alimentar através do acesso a produtos da época, frescos e de qualidade, assim como a fomentação da confiança entre produtos e consumidor

• Incentivar práticas culturais menos intensivas e ambientalmente sustentáveis, contribuindo para a diminuição da emissão de gases efeito de estufa através da redução de custos de armazenamento, refrigeração e transporte dos produtos até aos centros de distribuição

 

Documentos de Apoio

Portaria n.º 152/2016

OTE n.º 47/2016

Anúncio de Abertura (Cadeias Curtas)

Anúncio de Abertura (Mercados Locais)

Prorrogação de Prazo (Cadeias Curtas)

Prorrogação de Prazo (Mercados Locais)

 

Para obter apoio nesta matéria, deixe-nos os seus dados através do formulário abaixo, ou entre em contacto connosco através do endereço de e-mail dep.comercial@espaco-visual.pt ou através dos contactos telefónicos 224509047 / 917075852 / 911768809.