Mercado para produtos minimamente processados: frutas e hortícolas

Sobre esta edição

Data início:
Data fim:
Duração: 1 horas
Modalidade: Live Streaming
Local: Plataforma E-learning

Sobre o curso

Conheça as novas tendências de consumo e o modo como os Produtos Minimamente Processados estão a revolucionar as indústrias alimentares.

Apresentação

A grande mudança no agronegócio está em entender que os lucros não estão só ligados à quantidade produzida, mas também à investigação do comportamento do consumidor e às implicações desses novos hábitos. Conhecer de perto as tendências de consumo ajuda a adquirir uma rápida capacidade de readequação do negócio, evitando perdas, alcançando novas oportunidades e novos mercados. Exemplo disso é a crescente procura por Produtos Minimamente Processados a nível mundial.

Estes produtos apresentam maior período de conservação, mantêm-se frescos e preservam as qualidades nutricionais, são microbiologicamente seguros e não sofrem degradação das caraterística sensoriais (cor, sabor, consistência e textura). Abastecem o mercado de consumidores mais exigentes, que pagam mais e exigem qualidade. Estes produtos já vêm embalados e por isso não sofrem manuseio dos consumidores, dispensando a pesagem e praticamente eliminando desperdícios. Para o consumidor, a comodidade de utilização é evidente. Para o produtor o aumento do consumo significa mais produção e redução drástica das perdas. A chave para o sucesso da indústria dos produtos hortofrutícolas MP assenta em três pilares fundamentais: boas matérias-primas, técnicas de processamento mínimo adequadas e um bom circuito comercial.

A emissão de certificado de participação é opcional e tem um custo de 10€.

14 nov - das 19h às 20h
INSCRIÇÃO GRATUITA - PREENCHER FORMULÁRIO
https://forms.gle/WLnx1sisazFtcne88

Formador

ENG. DEJAN BOGOSAVLJEVIC

Licenciado em Food Technology - Plant Products Programme, pela Universidade de Belgrado, e Mestre em Engenharia Alimentar pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA). Atualmente, trabalha como consultor técnico e representante comercial da empresa Canadiana EnWave Corporation, detentora de duas dezenas de patentes em tecnologia REV (Radiant Energy Vacuum), nova geração de tecnologias da desidratação a baixa temperatura através de microondas e vácuo e que visa preservar maior retenção nutricional e sensorial dos alimentos. Entre 2011 e 2013, foi consultor técnico na Frulact SA (Porto), com responsabilidades de gestão de aprovisionamentos e em processos da internacionalização do Grupo Frulact SA. Entre 2013 e 2018, colaborou no Departamento da Qualidade da empresa Bidfood Iberia (Frustock SA, Lisboa), na área da Distribuição Alimentar, e como gestor de produção na unidade produtiva do mesmo grupo 2BeFresh Lda., com, entre outras, produções de produtos minimamente processados. É autor convidado das revistas sectoriais AGROTEC, TECNOALIMENTAR e APH com várias edições de artigos técnicos.