AgroB Business School EV | VER CURSOS AQUI

Escolher Edição:

Microbioma do Solo, Práticas Sustentáveis e Produtividade

280,00

Courses
    280,00
    Categoria:
    • Enquadramento

    • Requisitos

    • Programa

    • Corpo pedagógico

    Descrição

    Com este curso, o formando irá adquirir conhecimentos que permitam conhecer o microbioma do solo, os vários modos de produção agrícola, bem como os fatores de produção. Pretende-se, ainda, dotar os formandos de conhecimentos sobre as necessidades alimentares nacionais e mundiais, os novos contextos produtivos face às atuais alterações climáticas. É constituído por 35 horas (23 horas assíncronas e 12 horas síncronas) e desenvolvido totalmente à distância com aulas online com o Eng. Alexandre Bazenga.

     

    Certificação e Acreditação

    Destinatários

    • Técnicos superiores com formação nas áreas de Agronomia, Biologia, Bioquímica ou Agroalimentar;
    • Técnicos de distribuição de fertilizantes/adubos;
    • Profissionais e técnicos de Organizações e Associações de Produtores;
    • Empresários agrícolas com um mínimo de 4 anos de atividade;
    • Estudantes nas áreas de Agronomia, Biologia, Bioquímica ou Agroalimentar ao nível de mestrado ou a frequentar o último ano de licenciatura;
    • Profissionais de cursos técnicos superiores (nível 5) em áreas das ciências da vida e da terra.

     

    Objetivos Específicos

    • Identificar o microbioma e a sua importância para a saúde de um solo agrícola sustentável;
    • Enquadrar os conhecimentos sobre o microbioma da rizosfera, com os vários modos de produção agrícola e com os fatores de produção atuais e futuros disponíveis;
    • Promover a aquisição de competências de pesquisa e eventual investigação, em novas modalidades de produção que integrem este novo paradigma;
    • Conhecer a comunidade técnica agrícola, adaptada à nova realidade produtiva, atendendo às necessidades alimentares nacionais e mundiais crescentes, aos novos contextos produtivos e às alterações climáticas;
    • Compreender a cadeia das novas necessidades, tendências e inclusão do novo paradigma produtivo.

     

    Metodologia de Ensino

    A metodologia de ensino tem como base a exposição teórica com recurso a suporte audiovisual, através de apresentações, vídeos, aulas em videoconferência, textos de apoio e/ou manuais, entre outros documentos.

    O formando poderá estudar e realizar as avaliações ao seu próprio ritmo e nos momentos que lhe sejam mais convenientes, respeitando a duração de cada módulo e os prazos estipulados.

     

    Metodologia de Avaliação

    Para concluir o curso, o formando deverá atingir os objetivos pedagógicos com aproveitamento e nos prazos estipulados para o efeito. A avaliação é composta por:

    • Assiduidade mínima obrigatória a 90% da duração das sessões síncronas;
    • Participação nas sessões síncronas (20%);
    • Avaliação contínua modular (30%);
    • Execução de atividades, tarefas ou exercícios (20%);
    • Avaliação final (30%).

     

    Vantagens deste Curso

    • Formação certificada DGERT com emissão de certificado através do SIGO;
    • Partilhe as suas experiências numa rede de networking com especialistas e empresários da área agrícola;
    • Adquira conhecimentos de forma flexível, sem necessidade de deslocações e com conteúdos disponíveis 24h/dia, através de uma plataforma de ensino à distância de simples utilização;
    • Acesso à plataforma de ensino através da aplicação Moodle App no Google Play e Apple App Store;
    • Acesso vitalício aos materiais pedagógicos da formação, mediante download dos mesmos;
    • Esclareça as suas dúvidas através de um sistema de tutoria ativa.

    Condições de acesso

    • Habitações mínimas de acesso: 12º ano;
    • A candidatura só é válida após o pagamento da inscrição e o envio dos documentos necessários para a candidatura.

     

    Documentação necessária para a candidatura

    • Certificado de habilitações;
    • Ficha de inscrição;
    • Questionário motivacional.

     

    Certificado de conclusão

    Os formandos que atinjam os objetivos pedagógicos definidos no campo Avaliação para a conclusão com aproveitamento do curso de formação que frequentaram, obterão dois certificados de conclusão:

    • O certificado de conclusão emitido pela AgroB, em formato digital, sendo disponibilizado na plataforma Moodle para download;
    • O certificado de formação profissional emitido pela plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa), em conformidade com a Portaria nº 474/2010, de 8 de julho: este certificado é emitido em formato de papel, podendo ser posteriormente levantando nas instalações da AgroB ou enviado via CTT para a morada de inscrição do formando ou outra a definir (sob o pagamento da taxa de 10,00 € relativa a portes de envio).

     

    Outras informações

    1. Na eventualidade de não atingir o número mínimo de participantes, a ação de formação poderá sofrer alteração de datas ou ser cancelada, ficando salvaguardada a devolução de todas as importâncias recebidas pela AgroB Business School EV. A AgroB Business School EV reserva-se no direito de adiar o início de qualquer formação até 48 horas antes da data prevista inicialmente, assim como de alterar o programa, os formadores, o local de execução, a duração e as datas relativas à formação em causa, obrigando-se, contudo, a comunicar qualquer alteração ao formando.
    2. Em caso de desistência, só haverá lugar à devolução dos valores pagos se a mesma for comunicada até 14 dias após a contratação da formação. Caso a desistência ocorra após o período de 14 dias da contratação da formação ou após o acesso aos conteúdos do curso, a AgroB Business School EV não é obrigada a devolver qualquer montante, de acordo com o previsto no DL n.º 24/2014, de 14 de fevereiro.
    3. Em caso de desistência efetuada após o prazo referido no ponto 2, e até 10 dias antes da data agendada para o início da formação, será aceite, implicando, contudo, a retenção de 50% do valor total da formação, a título compensatório pelas despesas efetuadas e prejuízos sofridos pela AgroB Business School EV.

    Microbioma do Solo, Práticas Sustentáveis e Produtividade

    1. A evolução do solo agrícola ao longo do tempo: práticas agrícolas sustentáveis e saudáveis

    1.1.  Breve introdução sobre os modos de produção agrícolas e a importância do solo na ótica de cada uma:
    1.1.1.  Modo convencional;
    1.1.2.  Modo de Proteção Integrada;
    1.1.3.  Modo de Produção Biológico.

     

    2. O conhecimento do solo em evolução: microbioma, novo paradigma

    2.1.  Conceito do microbioma: breve introdução ao conceito e à história do mesmo;

    2.2.  Ligação do conceito do microbioma à agricultura;

    2.3.  Funções do microbioma vegetal;

    2.4.  Interações do microbioma com a planta;

    2.5.  Condições para a sanidade e existência de microbioma no solo;

    2.6.  Impacto dos fatores externos na população de microbioma do solo (rega, operações no solo, aplicação de matéria orgânica, pH, …).

     

    3. As novas solicitações sobre a produção agrícola num mundo em acentuado crescimento populacional

    3.1.  Resposta ao aumento populacional e à necessidade de aumentar a produção;

    3.2.  Surgimento e desenvolvimento de uma forma de produção Biotécnica (com menos pesticidas disponíveis e mais produtos técnicos);

    3.3.  O microbioma e a agricultura de precisão;

    3.4.  O papel do microbioma no aproveitamento recursos naturais (solo, água, nutrientes, …).

     

    4. Solo sustentável e alterações climáticas

    4.1.  Breve definição de solo (e solo saudável) e o seu papel na agricultura e no desenvolvimento dos microbiomas;

    4.2.  Impacto das alterações climáticas na agricultura;

    4.3.  Alterações climáticas e microbioma:
    4.3.1.  Alterações da temperatura do ar;
    4.3.2.  Alterações da temperatura do solo;
    4.3.3.  Stress.

    4.4.  A saúde do solo: um paradigma novo;

    4.5.  A importância dos solos saudáveis para o combate/resistência das culturas às alterações climáticas.

     

    5. Novas práticas agrícolas: microbioma, práticas convencionais e alternativas

    5.1.  Aplicação do microbioma à produção agrícola;

    5.2.  Exemplo de espécies conhecidas e o seu papel na agricultura;

    5.3.  Estratégias da utilização dos microbiomas na produção agrícola:
    5.3.1.  Fertilização: impacto do microbioma nas necessidades nutritivas das plantas (plantas instaladas ou por instalar);
    5.3.2.  Fitossanidade: impacto do microbioma na proteção fitossanitária da planta (doenças e pragas).

    5.4.  Vantagens e desvantagens;

    5.5.  Mudanças necessárias na mentalidade do produtor.

     

    6. Uma visão da produção agrícola em 2050

    6.1.  Alterações necessárias na regulamentação portuguesa em relação aos fertilizantes e químicos de síntese;

    6.2.  Agricultura orientada à racionalização e redução de fertilizantes químicos;

    6.3.  Importância do desenvolvimento dos estudos direcionados à população microbiona do solo não conhecida.

     

    Informações gerais

    Data de Início
    21/02/2022
    Duração
    35 horas

    Descrição

    Spread the love

    Adquire conhecimentos sobre o microbioma dos solos e os modos de produção agrícola sustentável, atendendo aos novos contextos produtivos face à ecologia e às alterações climáticas. Este curso é desenvolvido totalmente à distância com aulas em videoconferência e em tempo real.

    Avaliações

    Ainda não existem avaliações.

    Seja o primeiro a avaliar “Microbioma do Solo, Práticas Sustentáveis e Produtividade”

    Também pode gostar…

    x

    x